Essa é uma das grandes dúvidas de quem ouve pela primeira vez a respeito do Planejamento Previdenciário.

Bom, planejar é sempre importante nas mais diversas áreas da nossa vida e com a aposentadoria não é diferente. A aposentadoria representa um grande período nas nossas vidas onde precisamos contar com uma renda que garanta uma qualidade de vida e estabilidade duradoura.

Por isso, o Planejamento Previdenciário é um importante aliado para as pessoas que querem começar a planejar o seu futuro, desde daquelas que estão mais longe da aposentadoria, mas querem fazer escolhas estratégicas para garantir uma melhor renda no futuro, até para aquelas que estão mais próximas da aposentadoria e precisam definir qual regra de aposentadoria e manejos de tempo de contribuição aumentariam o beneficio.

A partir do planejamento é possível ter uma visão do que é necessário para alcançar um melhor e mais rentável benefício de aposentadoria.

Como funciona o Planejamento Previdenciário?

Na prática o Planejamento Previdenciário funciona como um diagnóstico de tudo que o segurado do INSS e Servidor Público trabalhou e contribuiu ao longo da sua carreira.

Nesse diagnóstico são levantados os períodos de contribuição tanto para o INSS quanto para o Regime Próprio dos servidores públicos, bem como é feita a análise de períodos especiais, períodos rurais, períodos sem contribuição, períodos no exterior e avaliação das melhores regras de transição para a aposentadoria.

Após o levantamento de todas essas informações são feitos os cálculos e laudos com as estratégias para garantir uma boa aposentadoria de acordo com os objetivos de cada cliente.

Quais as vantagens de fazer o Planejamento da Aposentadoria?

Listamos abaixo as principais vantagens que verificamos após anos de atuação:

  • Identificação de períodos sem contribuição e análise de quanto o segurado precisaria recolher e o impacto para a aposentadoria;
  • Análise de tempo especial para que possa ser utilizado esse tempo para acrescer o benefício ou até mesmo requerer a aposentadoria especial;
  • Análise de quando será a data da aposentadoria e o valor do benefício, ajustando assim a estratégia para que as contribuições previdenciárias futuras sejam mais bem aproveitadas;
  • Para os segurados do INSS: diante de tantas regras de transição, o planejamento atua para identificar qual é a melhor regra de aposentadoria para cada caso;
  • Para os servidores públicos: o planejamento identifica as melhores regras de transição, buscando sempre o melhor benefício no Regime Próprio e se possível um segundo benefício no INSS;
  • Para os servidores públicos: melhor estratégia em relação a averbação/desaverbação de períodos de contribuição tanto no INSS quanto no Regime Próprio;
  • Para os residentes no exterior o planejamento auxilia na análise da averbação de tempo de serviço no Brasil e identifica as opções de aposentadoria disponíveis.

Quer saber mais como funciona a cobrança de 25% de Imposto de Renda no seu benefício. Clique no banner e baixe nosso eBook Gratís!

Além dessas, entendemos que a maior vantagem com o Planejamento Previdenciário é o cliente sair do escritório com a estratégia montada por um profissional especialista na área e assim conquistar benefício que se adapta com os seus objetivos.


Se quiser saber mais sobre o Planejamento Previdenciário, assista nosso vídeo sobre o assunto!

Pensão por Morte para Filhas Solteiras
Reaposentadoria será julgada no STF

Inscreva-se para receber nossas novidades!

Área de Interesse

Últimas postagens

Quer saber mais sobre o seu direito previdenciário?

Tire suas dúvidas com a gente!

Menu